sábado, 30 de junho de 2012

Arlequim




Um sorriso,
A rosa murcha
caída entre suas mãos.

A lembrança daquilo que foi festa
e se perdeu.

Um rosto
uma miragem
a Rainha de Sabá...

O confeti, agora, é redondo espanto.
E eu canto a tua roupa xadrez
de palhaço!


Francisco Settineri.

Nenhum comentário: