quarta-feira, 30 de abril de 2014

Folclore



Quem cochicha, rabo espicha,
Quem se importa, rabo entorta
Quem vai lá na minha porta
Desafio em nova rixa?

Quem tem boca vai a Roma
Quem tem pernas vai ao rumo
Mas qual é o supra-sumo
Desse mel que tem aroma?

Atirei um limão n'água,
De pesado foi o fundo,
O que há de mais profundo
Que essa lágrima de mágoa?

Como pode um peixe vivo
Viver fora d'água fria
Se soubesses, ó Maria,
Que cansei de estar cativo....

Teresinha de Jesus,
Acudiram cavalheiros
Escolheu o sem dinheiro
E na vida levou truz!


Francisco Settineri.

Nenhum comentário: