segunda-feira, 23 de junho de 2014

Amor secreto



Os meus braços, os teus braços, os abraços
Fazem o coração bater muito forte
Deixam girando puros e simples traços
Que são tão grandes e maiores que a morte.

Importa que a vida nos transforme em laços
E que o enlace nos deixe cada vez mais fortes
E que o vento não balance mais que um maço
Rijo o quanto para suportar o corte!

Pois eu faço versos para ti, pequena
Que nascida na cidade da fronteira
Corpo mais que natural, rosto de Helena

Porque te amo, te amo toda inteira
Dos pés delicados até a melena
De um amor que te faz audaz e primeira!

Francisco Settineri.

Nenhum comentário: