segunda-feira, 6 de outubro de 2014

andarilho



sou o poeta
a sempiterna face
que se inquieta
e grita
sou o vate
o profeta
no catre
que faz mover-se a vida
sem poluir
o tesouro noturno
a fome desta vida.
o caminho o norte.



Francisco Settineri.

Nenhum comentário: