terça-feira, 17 de março de 2015

Domingão




No país da arrelia
Se ajuntaram mil malucos,
Barafunda de eunucos
Em total estrepolia!

Tinha corno e tinha puta
Não faltava era jerico,
Pela volta dos milico
Se inflamavam nessa luta...

O que teve de alma tola
Pululando pela rua
Tinha até mocinha nua
Desfilando para a rola!

Foi de provocar espanto
E ficar bem taciturno
Verdadeiro quarto turno:
Fiquei quieto no meu canto...

A bagunça era bela,
Mas virou o dia seguinte
- E o diabo que te pinte! -
Foram todos pra novela!


Francisco Settineri.

Nenhum comentário: