quinta-feira, 28 de julho de 2016

Eu te amo




 .


Amo como nunca a canção e a vida

E afasto a nefasta malvadeza

Tu és para o poeta a pureza

Da flor desta manhã, recém-nascida.

 .


Francisco Settineri

Nenhum comentário: