quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Encontro Marcado




Tu foste para mim uma surpresa
Na tarde da visão mais constelada
E lindo foi teu rosto e foi mais nada
Que fez de mim a tua frágil presa!

Depois a lua infante foi acesa
E a letra da canção então foi dada,
Violas entoando o que é da amada
Na madrugada pura e indefesa...

De onde te surgiu lembrança amara?
Porque tu escondes tanto o que tu sentes?
E aos olhos que brilhavam não faltaram -

Sabias que eu não era indiferente -,
Tremores em tua mansa pele clara,
Palavra engasgada entre os dentes!


Francisco Settineri.

Nenhum comentário: