domingo, 9 de abril de 2017

Perdidos





Eu sei que tu não és mais cor-de-rosa
O corpo já perdeu o seu encanto,
Mas sempre te procuro em cada canto
E te acho e fico sempre bem mais prosa!

O belo se perdeu em cada tosa
E mesmo assim eu quero em cada pranto
Delícias eu relembro em cada manto
Que nos manteve envoltos em mimosas!

O tempo nos levou em avarias
Teu viço me deixou assim tão mudo
Coragem de te olhar deixou parada

A bela e grande multidão de fadas...
Fui belo e hoje tenho essas mãos frias,
Mas sempre o amor nos teve de mãos dadas!
 .

Francisco Settineri.

Nenhum comentário: