sábado, 3 de setembro de 2016

Moto contínuo




Tenta sempre ser reto e o ar altivo
Mesmo que sobrevenha uma derrota,
Busca no coração o teu motivo.

Nunca serás do fascista o cativo
Mesmo que ele te trate com chacota,
Tenta sempre ser reto e o ar altivo.

Mesmo que num mundo mais opressivo
Já comande o bandalho, o idiota,
Busca no coração o teu motivo...

Seremos, um pro outro, o decisivo  
Disso todos sabemos, e anota:
Tenta sempre ser reto e o ar altivo...

Assim, irmão, prepara o que é festivo,
Que já mora no voo das gaivotas,
Busca no coração o teu motivo!

No outro lado habita o lascivo,
No mar estará sempre a nossa frota
Tenta sempre ser reto e o ar altivo,
Busca no coração o teu motivo!


Francisco Settineri.

Nenhum comentário: