sábado, 24 de setembro de 2011

Por inteiro




Parte de mim é folha
Que do ar vem caindo,
Pela árvore largada.

Parte de mim é menino
Sentindo-se inteiro, feliz,
Fitando-se no olhar amado.

Parte de mim são flores,
Vermelhas e primaveris,
Celebradas por colibris.

Parte de mim é o homem,
Um forte pai protetor,
Cuidando de seus rebentos.

Parte de mim é o rapaz,
Em recatos e recantos
Em algum canto do jardim.

Parte de mim é o branco
Papel, poema em espera,
Um perfume de alecrim.

Parte de mim nem sabe
de quantas partes sou feito,
o que mesmo sou, direito.

Eu só sei, Senhora, que,
De um ou de outro jeito,
Só seu, por inteiro, sou.

Francisco Settineri.

Um comentário:

Pensepoesia disse...

Passei para lhe prestigiar!
Adoro ler seus poemas!!!!