quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Cansaço




Dia de ficar quieto
E deixar coagular flocos de nada.
Não pensar que sim, nem que não
Nem penar
Tampouco o estrondo ou as unhas fincadas
Na carne
Nem a alegria, por favor,
E a canção.
Tirem-me daqui a algazarra
E os risos de ocasião:
Sonhar, dormir
Em lagoas de silêncio descansar...


Francisco Settineri.

Nenhum comentário: